Como se tornar assistente virtual – Guia completo e requisitos

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Está buscando por uma nova profissão, quer dar um novo rumo para sua carreira? Ou a pandemia despertou o desejo de atuar sem sair de casa? Aqui você encontra tudo que você precisa saber sobre como se tornar uma assistente virtual.

Uma profissão que está crescendo no mercado, principalmente devido a popularização do Home Office. A busca está muito maior por oportunidades em que não existe a necessidade de sair de casa.

Você pode começar sua atuação como assistente virtual hoje mesmo. Mas antes, você precisa ler todo o conteúdo deste artigo.

Quer saber mais sobre a profissão? Veja a seguir! Boa leitura.

Índice

Assistente virtual: o que é?

Assistente Virtual (AV) é o nome dado ao profissional autônomo, que presta serviços de cunho administrativo, criativo, técnico ou social para seus clientes, trabalhando em home office.

É uma profissão que te permite constituir seu próprio negócio, e por isso é necessário profissionalismo, planejamento, esforço e foco.

Para trabalhar como assistente virtual, alguns conhecimentos são exigidos, que falaremos a seguir, além das suas experiências anteriores, que também são aproveitadas no exercício da profissão.

O primeiro passo para se inserir no mercado é ter o entendimento de que trabalhar como AV não depende de vagas de trabalho, é um negócio autônomo, recheado de oportunidades, e novas descobertas.

Nele você precisa se esforçar para entregar um bom serviço, ter foco e ser persistente, além da dedicação em cada uma das entregas.

O mercado no Brasil para assistente virtual está em alta, com muita procura, gerando boas oportunidades.

Temos um outro post completo com todos os detalhes sobre o que é assistente virtual, onde você encontra mais informações.

Principais atividades desenvolvidas

Existem inúmeras atividades que podem ser exercidas por uma assistente virtual. Como o próprio nome já indica, ela trabalha virtualmente, de onde desejar, até mesmo estando fora do Brasil. Conheça algumas das tarefas a seguir:

  • Atendimento ao cliente através das redes sociais;
  • Respostas de e-mails;
  • Gestão da conta de Instagram;
  • Organização financeira da empresa;
  • Atendimento através do chat próprio da empresa;
  • Atendimento e respostas de correios eletrônicos;
  • Atendimento por Whatsapp;
  • Atendimento em redes sociais;
  • Suporte a dúvidas de consumidores por email e outros canais;
  • Criação de conteúdos;
  • Criação de e book;
  • Organização de contas a pagar;
  • Pesquisa de satisfação;
  • Tarefas administrativas e financeiras.


Essas são apenas algumas das possíveis atribuições de uma assistente virtual, a partir da demanda dos clientes. Mas existem outras oportunidades que podem ser exploradas no dia-a-dia.

mulher escrevendo em um caderno

Qualquer pessoa pode ser assistente virtual?

Ao longo da rotina de trabalho são desenvolvidas e fortalecidas parcerias com pessoas e empresas, que podem render contratos eventuais ou recorrentes e de longo prazo, possibilitando ótimos ganhos financeiros.

A demanda é atendida de acordo com os termos negociados em contrato, ou seja, o serviço que será realizado pela AV (contratada) para as empresas (contratantes).

Para ser uma assistente virtual é preciso:

  • Ser resolutiva
  • Comunicativa
  • Comprometida
  • Curiosa
  • Organizada
  • Persistente
  • Pró-ativa
  • Ter empenho
  • Ter disposição
  • Ter atenção
  • Disposta a aprender

Esses são os principais requisitos para quem busca atuar como AV. Conseguir se comunicar bem é um dos pontos-chave, está listada com uma das principais necessidades, já que você lidará com pessoas diferentes para o atendimento online.

A comunicação não ocorrerá apenas com seus clientes empreendedores, mas com todos os envolvidos na sua rotina diária, que podem ser:

  • Fornecedores;
  • Consumidores dos seus clientes;
  • Parceiros de negócios;
  • Entre outros.

A curiosidade é inerente ao trabalho, principalmente por estar em constante aprendizado.

É importante gostar de aprender e buscar sempre melhorar e trabalhar novas competências e habilidades, isso fará com que você cresça como profissional.

Contudo, engana-se quem pensa que é necessário ter ensino superior para trabalhar como assistente virtual. Não é necessário! Vou explicar mais pra frente sobre isso.

E o mais importante, não se esqueça de que recomendações são importantes para o crescimento do seu negócio e para uma futura contratação.

mulher realizando pesquisa

Principais ferramentas para o exercício da profissão

Conheça alguns recursos gratuitos utilizados no serviço executado diariamente para realização das tarefas:

  • E-mail;
  • WhatsApp (ou outro aplicativo de mensagens instantâneas);
  • Skype (ou outro aplicativo para chamadas de vídeo);
  • Redes sociais (Facebook, Instagram, entre outros);
  • Ferramentas de armazenamento de arquivos em nuvem.

Dependendo do nicho de mercado em que atua, e dos serviços prestado, pode ser necessário conhecer outras ferramentas mais específicas. Nesse caso, cabe à empresa que contratou, indicar qual a ferramenta e o acesso a ela, e cabe à assistente virtual aprender a utilizar.

Mulher escrevendo em caderno

Quais são as habilidades comportamentais necessárias para o trabalho de assistente virtual?

Para conseguir um destaque como profissional no mercado como AV, é necessário o desenvolvimento de competências, que em muitos casos estão em falta nos prestadores de serviço do Brasil.

Existem competências específicas que devem ser desenvolvidas em cada atividade executada, tanto comportamentais quanto técnicas.

Além de muita pesquisa, como os bons empreendedores, você precisa aprender mais sobre os trabalhos que serão executados para cada empresa.

Saiba um pouco mais a seguir!

Principais competências comportamentais

Veja quais são as competências comportamentais necessárias e valorizadas pelo mercado:

  • Aprendizado rápido;
  • Pensamento crítico;
  • Inteligência emocional;
  • Geração de valor;
  • Responsabilidade com prazos;
  • Negociação;
  • Persuasão;
  • Criatividade;
  • Flexibilidade;
  • Organização;
  • Empatia.

Além destas habilidades comportamentais, é preciso ter visão clara dos objetivos e das motivações, afinal esse é o combustível pra seguir em frente e superar os desafios. A motivação e a disciplina são dois fatores que impulsionam, fazem evoluir e tornar realidade os objetivos.

É preciso também colocar em ação: ter coragem, não deixar o medo paralisar e ir com medo mesmo, fazer o que tem que ser feito.

Essas são apenas algumas das competências mais valorizadas no mercado de trabalho, mas não são as únicas, existem outras, que você pode desenvolver ao longo do caminho e sair em vantagem frente aos concorrentes.

mulher trabalhando na mesa

Quais são as competências técnicas necessárias para trabalhar com assistência virtual?

Como foi possível perceber ao longo do conteúdo, o mercado está cheio de caminhos, possibilitando crescimento profissional. Agora abordarei sobre quais são as habilidades técnicas necessárias e como adquirir conhecimento.

Precisa ter faculdade para ser assistente virtual?

Não é necessário ter faculdade, nenhum tipo de formação superior! A atuação das assistentes vai além do que qualquer graduação ensina, visto que, para trabalhar como AV, é necessário ter um conhecimento específico, que nenhum curso de ensino superior pode trazer. As informações você encontra online, em cursos e e books.

Independente do nível de escolaridade, qualquer pessoa consegue aprender a trabalhar como assistente virtual, mesmo sem experiência.

Se você quer aprender como ser assistente virtual, estamos aqui pra te mostrar o caminho!

A melhor alternativa é aprender com quem entende do trabalho de assistente virtual. Pensando nisso, eu desenvolvi um método didático, passo a passo, para ensinar quem deseja se tornar AV.

Este método completo e eficiente é disponibilizado em vídeo aulas gravadas, no meu Curso Online Formação Assistente Virtual. É o caminho mais rápido e garantido para começar rapidamente a ter sucesso nessa área.

Veja alguns itens do que ensino no curso:

  • Como realizar os serviços
  • Como conquistar clientes
  • Criação de portfólio
  • Precificação de serviços
  • Modelos de proposta e contrato
  • Ferramentas digitais gratuitas
  • Aulas Bônus
  • E muito mais

É um curso completo para que você transforme sua carreira e comece com o pé direito! Fazendo o que você gosta, e com possibilidade de trabalhar do seu local preferido, sua casa, ou de qualquer lugar do mundo.

Acredito que esse é o melhor caminho para ter mais qualidade de vida, autonomia financeira, mais tempo com a família, e trazer de volta a autoestima das mulheres que buscam um novo rumo profissional.

computador e celular na mesa

Em relação aos equipamentos, quais são os necessários para o exercício da profissão de assistente virtual?

Você vai precisar basicamente de:

  • Computador
  • Celular
  • Internet
  • Mesa e uma cadeira qualquer

Em alguns atendimentos (como por exemplo responder a e mails) será imprescindível o uso de computador. Mas, em muitos casos, apenas o celular será o suficiente.

Dessa forma, você não precisa se preocupar em comprar equipamentos para começar o trabalho, como ocorre em outras profissões. Comece com o que tem, não precisa investir agora, conforme for tendo ganhos financeiros, pode ir investindo em melhores equipamentos.

mulher com computador na mesa

E quais os passos para começar a trabalhar como assistente virtual?

Se você chegou até esse ponto de leitura do artigo, você já tem conhecimento sobre como se tornar uma assistente virtual! Mas agora começam as dúvidas: como começar?

Primeiramente, é necessário sair da zona de conforto, que é o comodismo de estar trabalhando no formato tradicional CLT, ou em alguma função que não traz satisfação.

Mudar de vida exige coragem, é preciso deixar o medo de lado e todas as barreiras que impedem de começar uma nova história, conquistando assim:

  • Liberdade financeira;
  • Autonomia;
  • Segurança.


Supere-se sempre

Superado o medo de mudar, chegou o momento de uma nova superação, a do aprendizado, que para muitas pessoas pode ser uma barreira importante.

Coloque na sua cabeça: “Quero ser uma assistente virtual”, e trilhe seu caminho de sucesso, faça suas próprias escolhas!

Tendemos a nos preocupar com aquilo que não conhecemos, mas é importante dar chance para que elas nos surpreendam.

A profissão de AV é dinâmica, cada cliente é uma nova experiência conquistada, uma nova ferramenta aprendida, um novo modelo de trabalho conhecido, despertando assim a necessidade de aprimorar o trabalho.


Networking

O networking, ou seja, a rede de contatos, é outro ponto que deve ser trabalhado diariamente. Lembre-se de um dito popular que mesmo com a transformação digital, ainda faz muito sentido: “o melhor marketing é o boca-a-boca”, ou seja, a indicação.

Cada cliente, cada negócio, se satisfeito com o trabalho da AV, tem grandes chances de oferecer um novo trabalho posteriormente, seja com ele ou através de indicação.

Mas para isso é necessário que os serviços sejam feitos com dedicação e qualidade, agregando valor ao negócio do cliente.

mulher trabalhando com os equipamentos que tem em casa
Mapa da Liberdade

Assista a minha Super AULA GRATUITA em que eu mostro o caminho para TRABALHAR ONLINE e ter Mais Liberdade e Qualidade de Vida
DISPONÍVEL POR TEMPO LIMITADO

Como ser assistente virtual?

Para iniciar como assistente virtual, separamos algumas dicas, veja a seguir.

Tenha um nicho definido para prestação de serviços

Uma das melhores dicas que podemos te dar hoje! A partir da definição de nicho, é possível entender onde você deve procurar seus clientes.

Entenda quais são as dores dessa empresa, e quais serão as soluções que você ofertará na prestação dos serviços.

Dessa forma, você consegue criar uma conexão, já que você entende exatamente o que ela está precisando naquele momento.

Crie um networking como assistente virtual

Através do networking, você pode se inserir dentro de uma rede, que pode render possíveis indicações. As pessoas precisam saber o que você faz, e a qualidade do seu trabalho.

Você pode utilizar grupos no Facebook e su conta de LinkedIn para divulgação dos seus serviços de AV, criar conexões com outras pessoas da área e com alguma empresa que precise dos seu serviços.

Através do envio de e-mail, você também pode conseguir negócios interessantes, mas é preciso ter o contato certo, para que ele chegue ao destino com sucesso.

Crie respostas personalizadas

A partir do momento que as pessoas forem conhecendo seu trabalho e entrem em contato, será preciso que você desenvolva respostas que te deixem segura, e consiga seguir em frente com a negociação dos seus serviços e no atendimento de possíveis clientes.

Elas podem acontecer por diversos canais de atendimento:

  • E-mail;
  • Mensagens de WhatsApp;
  • Redes sociais.

Por isso, desenvolva respostas apropriadas que te deixem segura, e passe confiança para seu cliente.

mulher trabalhando em casa

Conquistei meu primeiro cliente como assistente virtual, o que fazer?

É muito comum que seu primeiro cliente seja considerado seu protótipo, será um grande aprendizado. Será a partir dessa chance de fazer trabalhos, que você conseguirá colocar em prática e aprimorar os aprendizados.

Você identifica quais são seus pontos fortes, e quais são aqueles que você pode melhorar!

Se para você for vantajoso, pode acordar com o cliente um curto período em que a prestação de serviços para a empresa será feita de forma gratuita, mas deixe tudo muito claro, e em contrato, para não ter problemas futuros.

É uma oportunidade para que você aprenda qual é o tempo que você leva para executar as atividades, e quais serão os prazos acordados com o cliente para a entrega, de forma que você possa utilizar esse aprendizado em negociações futuras.

Formalize seu negócio

A atuação como assistente virtual requer formalidade. Lembre-se que você estará lidando com empresas ou empreendedores, então aqui vão algumas dicas.

No contrato, cada uma das partes define suas responsabilidades, escopo da prestação dos serviços, data de pagamento e valores.

Além disso, deve haver cláusulas para as empresas que tratam questões sobre atrasos no pagamento e rescisões sem aviso prévio, para que você nunca fique no prejuízo.

Nenhum empreendedor pode trabalhar sem contrato firmado, para evitar problemas posteriores.

Além do contrato, outra dica é, no momento que estiver com alguns clientes e tendo ganhos financeiros, já abrir um MEI (sigla dada ao nome “Micro Empreendedor Individual”), ou seja, ter um CNPJ como profissional autônomo.

Não existe obrigatoriedade para prestação de serviços como assistente virtual ter um MEI, mas através dele é possível ter inúmeros benefícios, e posteriormente, aumentar sua carteira de clientes, como:

  • Emissão de notas fiscais;
  • Benefícios previdenciários (INSS, aposentadoria, entre outros);
  • Descontos na compra de novos equipamentos (como computadores e materiais de escritório).

Mais uma dica interessante é separar as contas de banco: ter uma conta pessoal e outra profissional.

Dessa forma, é possível ver seu trabalho como autônoma crescer. No meu Curso Online eu disponibilizo um modelo de contrato prontinho para você usar, e explico como abrir o MEI.

mulher trabalhando no sofá no conforto do lar

Quero ser assistente virtual e minha própria chefe, como faço?

Os profissionais liberais, ou autônomos, como a maioria conhece, se diferenciam dos demais profissionais por possuírem características únicas, como estar em constante aprendizado.

E como ser assistente virtual está diretamente relacionado com essa capacidade, a comunicação é outro ponto muito importante, como falamos anteriormente.

Mas, quando somos colocadas na posição de chefe e profissional ao mesmo tempo, é preciso aumentar o nosso foco, mas também não esquecer das coisas que tem valor, como a família, por exemplo.

É preciso organizar a rotina de forma a conseguir fazer os próprios horários, mas também cumprir com as tarefas e responsabilidades com profissionalismo.

Por isso, veja algumas dicas muito importantes.

Anote seus compromissos

Agora que seu escritório virou sua moradia e vice-versa, você não pode deixar que suas atribuições se misturem, e você acabe com tudo em desequilíbrio.

Não esqueça seus compromissos profissionais, mas também não esqueça seus compromissos pessoais, datas comemorativas, entre outros. Esteja disponível para seus entes queridos assim como está disponível para seus clientes.

Controle suas atividades como assistente virtual

Mantenha sob controle o tempo de execução das suas atividades, e não se esqueça de fazer pausas regulares, para se alimentar, exercitar, descansar ao longo do dia, e não passe muitas horas trabalhando, para evitar o desgaste físico e emocional.

A busca das pessoas é por equilíbrio, e sendo uma AV, você pode alcançar isso, trabalhar pela Internet, ter seu próprio negócio, e realizar o sonho de ter mais qualidade de vida.

Conclusão

Como ser um assistente virtual ficou muito mais fácil, agora que você aprendeu neste artigo diversas dicas para criar seu próprio negócio, trabalhar através da Internet e garantir sua independência financeira.

O sucesso só depende das suas escolhas, e nesse momento, o próximo passo é se inscrever no Curso Online Formação Assistente Virtual, e começar hoje mesmo a ser uma empreendedora de sucesso, com seu próprio negócio, trabalhando de casa.

A Internet será sua principal ferramenta de trabalho e de estudos, através de conteúdos interativos e com uma metodologia simples, visando o total aprendizado. Não espere mais tempo, comece hoje mesmo!

Perguntas frequentes sobre como ser uma assistente virtual

Aplicando o método ensinado no meu Curso Online, lá você encontra um guia detalhado, em videoaulas, sobre como ser assistente virtual. É uma experiência completa de aprendizado, em que você aprende como realizar as tarefas de AV sem precisar sair de casa e ter seu negócio próprio.

A assistente virtual (AV) é uma profissão autônoma, que trabalha da sua casa, atuando em suporte às rotinas diversas, para clientes através da Internet. Sua função é a prestação de serviços e atendimentos através da Internet com clareza, agregando valor aos seus clientes.

As contratações são, na maior parte, feita por microempreendedores, pequenas e médias empresas, além de grandes empresas, autônomos e liberais.

Mapa da Liberdade

Assista a minha Super AULA GRATUITA em que eu mostro o caminho para TRABALHAR ONLINE e ter Mais Liberdade e Qualidade de Vida
DISPONÍVEL POR TEMPO LIMITADO

Super Aula GRATUITA Mapa da Liberdade

Meu nome é Karla Moura, estou no mundo online desde 2014, e já ensinei mais de 1600 mulheres a viverem dessa forma também.

Eu cansei de ver tantas mulheres frustradas por não acharem o caminho pra viver da internet.

Hoje eu sei o que REALMENTE funciona pra viver do digital! Uma forma REAL e SEGURA, diferente de tudo que você já viu por aí.

Pra te revelar como funciona e como você pode começar hoje mesmo, eu gravei uma aula completa que estou disponibilizando GRATUITAMENTE!

Nela eu te mostro o Mapa da Liberdade, que é o caminho para qualquer pessoa conseguir conquistar conforto financeiro e liberdade de horários através da INTERNET!

Nela você vai aprender o meu Método Mapa da Liberdade, que te mostra o caminho para conquistar sua liberdade através de uma Profissão Digital.

Clique no botão abaixo e assista agora a Aula GRATUITA!

Karla Moura

Karla Moura

EMPREENDEDORA
Descobri que a Internet está cheia de oportunidades para quem queria fugir do comum e ter uma vida mais plena, feliz e com liberdade financeira e geográfica. Hoje o meu objetivo de vida é fazer pessoas comuns alcançarem um trabalho online que as proporcionem liberdade e realização.

Posts relacionados